PALAVRAS DO SID

Idéias e ideais de quem não quer ser igual.

PROFISSÃO: CAMINHONEIRO

Posted on terça-feira, 1 de junho de 2010 by Marcelo Augusto | 2 comentários
Marcadores: ,


Como poucos sabem, meu pai é caminhoneiro e meus tios, primos e tudo mais também, ou seja, ta no sangue IASHDHASUIHDUIA.


A maioria dos motoristas rodoviários iniciaram a carreira como caminhoneiros. É gostar muito de dirigir né?


Segundo pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte), 90,9% dos caminhoneiros, ou seja, a maioria, trabalha mais de 8 horas por dia - sendo que 8 horas representam a jornada máxima que um motorista deveria cumprir para não comprometer sua saúde física e mental - mas a jornada de trabalho média vai além. São aproximadamente 15 horas diárias dirigindo, enfrentando viagens que duram semanas, roubos de cargas, acidentes fatais, estradas esburacadas, problemas mecânicos e congestionamentos.


Ainda existe realidade pior. A dos 10,4%, caminhoneiros autônomos, que trabalham mais de vinte horas por dia, por a empresa exige prazos curtos.


Voltando aos termos gerais, mais da metade, 56,8%, dos motoristas trabalham sete dias por semana.


É muito difícil ficar longe de casa toda a semana, ou viajar por horas e horas sem uma companhia, passar feriados longe de casa, dirigir a noite e por ai vai e além de tudo - ainda nessas condições sub-humanas. É complicado exigir segurança desses caras e prazos, trabalhando assim. É enlouquecedor! (Sei disso, pq viajo de caminhão quando tenho oportunidade)


Para manter o ritmo de trabalho, com a má alimentação e as poucas horas de sono, eles tomam anfetaminas, misturadas com Coca-Cola, conhaque ou café. Uma mistura nada saudável né? Mas esses comprimidos são vendidos em postos de gasolina ou disponibilizados pelas próprias empresas transportadoras. Outra realidade dura é que as pesquisas ainda indicam o consumo de bebidas alcoólicas como a principal causa de acidentes nas estradas. Somado a isso, está as péssimas condições das estradas brasileiras - uma pesquisa da CNT classificou 68,8% dos 45.294 quilômetros de rodovia brasileira como deficientes e precários. Durante as longas jornadas de trabalho, alguns caminhoneiros sofrem de alucinações e apresentam média de oito cochilos por viagem.


É foda ser caminhoneiro, pra depois na rua ou na estrada ser chamado de ignorante e coisas do tipo, e é como eu sempre digo, sem caminhoneiro o país para.



não gosto de plagios nem nada, então, essas informações eu tirei daqui


2 comentários:

Daniel disse...

ahahaha mto comédia, eu já vi cada frase também! rsrs

vejam o meu blog de chinelos personalizados
http://www.chinelospersonalizados.org

sid disse...

parece que vc não leu o post amigo, a intenção não era a frase (:

Postar um comentário