PALAVRAS DO SID

Idéias e ideais de quem não quer ser igual.

SUSTENTABILIDADE!

Posted on segunda-feira, 24 de maio de 2010 by Marcelo Augusto | 1 comentários
Marcadores: ,


Quando vamos falar sobre sustentabilidade as primeiras coisas que vem a mente são: durabilidade e meio ambiente. De uma forma "geral", sustentabilidade significa a pratica que leva a saúde do futuro em consideração, porém essa ideia não fica só no meio material, pois ela também se aplica ao pensamento, à crença, à conduta humana e à sociedade como um só "corpo".


Uma pratica insustentável é aquela que de alguma forma tem efeito negativo e desequilibrado, que com o tempo irá afetar negativamente uma pessoa, sociedade e/ou meio ambiente. Um caso clássico é a nossa atual utilização do petróleo como um meio de geração de energia. Isso poderia ser considerado insustentável pelo fato de o petróleo ser essencialmente não renovável e, quando queimado, causa danos ao meio ambiente. Qualquer prática que provoque um esgotamento irreversível dos recursos naturais ou poluição ambiental de longo prazo é uma prática insustentável.


Então, tente ser o mais "auto-sustentável" possivel. Se tiver algum modo de você se "desligar" das companhias de rede elétrica, por favor, faça isso. Invista em formas de energia renovavéis, como por exemplo a solar, que em uma hora de luz do meio-dia equivale ao tanto de energia consumida em 1 ano pelo mundo inteiro.

Invista em transportes coletivos, ou carros hibridos ou elétricos, isso é uma realidade próxima, porém o dinheiro não permite (Ainda), então se precisa realmente de um carro escolha aquele que poluí menos, ou até mesmo use transporte coletivo.

Desligue-se dos jornais televisivos e procure se manter informado pela internet, pois as noticias da TV são manipuladas e muitas vezes sem nexo.


É isso, mantenha se informado e procure ter atitudes "sustentáveis".


1 comentários:

kelly disse...

Gosteii da máteria de SUSTENTABILIDADE eu tinha uma certa curiosidade de entender melhor oque era isso, agora tendiii
tá otimo

Postar um comentário